Produtos e instituições protetoras da vida marinha

Você vai encontrar neste post:

  • ODS 14 – Vida na água – Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.
  • Produtos e instituições protetoras da vida marinha

Crédito da Foto: Naja Bertolt Jensen/Unsplash

 

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) divulgou em outubro passado o relatório Da Poluição à Solução: Uma Análise Global sobre Lixo Marinho e Poluição Plástica (From Pollution to Solution: A Global Assessment of Marine Litter and Plastic Pollution). Os dados da publicação trazem um alerta para toda a comunidade global.

O documento revela que o plástico representa 85% dos resíduos que chegam aos oceanos e alerta que até 2040, os volumes de plástico nos oceanos podem triplicar. A estimativa é que entre 23 e 37 milhões de toneladas do material podem ser despejados no mar todos os anos. Como consequência, todas as espécies marinhas serão colocadas em risco. Toda essa poluição também coloca em risco o corpo humano que pode sofrer alterações hormonais e até câncer por conta da contaminação por resíduos plásticos.

Para frear a destruição da vida marinha, em 2017, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou que de 2021 a 2030 seria realizada a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável – mais conhecida como Década do Oceano.

A iniciativa está relacionada ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14 e  pretende conscientizar a população global sobre a importância dos oceanos e mobilizar agentes públicos, privados e toda a sociedade em ações que favoreçam a saúde e a sustentabilidade dos mares.

Conheça iniciativas que trabalham para reverter esse quadro:

ECO Local Brasil produz brinquedos com o plástico recolhido nas areias

ECO Local Brasil produz brinquedos com o plástico recolhido nas areias

Crédito da foto: Reprodução Instagram EcoLocalBrasil

 

A ONG é uma das pioneiras na destinação e reaproveitamento de todos os materiais coletados nas praias brasileiras. Desde 2018, a entidade promoveu centenas de ações de coleta de resíduos no litoral Sul e Sudeste. Em 2021, a ECO Local Brasil trabalha em mais uma edição do Projeto Pé na Estrada Praia Limpa, que transforma o plástico em brinquedos para doação. Serão centenas de brinquedos doados a projetos sociais e instituições no Natal 2021.  Para contribuir acesse https://ecolocalbrasil.org.br/doe/ 

Instituição holandesa transforma lixo marinho em óculos de Sol

A The Ocean Cleanup tem como objetivo remover 90% do plástico flutuante do oceano. Para financiar a ousada meta, há pouco mais de um ano, a organização holandesa comercializa óculos de sol feitos com plástico marinho certificado pela Great Pacific Garbage Patch. 

https://products.theoceancleanup.com/
https://www.instagram.com/theoceancleanup/ 


Plástico e conscientização como matéria-prima

Desde a sua fundação, em 2017, a 4ocean já recolheu quase 19 mil toneladas de lixo da costa de 27 países, inclusive do Brasil. O volume parece pequeno diante das milhões de toneladas que anualmente são despejadas nos oceanos. A força da empresa está em utilizar o material resgatado para criar uma linha de produtos. A partir da venda de pulseirinhas, tornozeleiras, colares e brincos, a 4ocean criou um movimento de conscientização crescente com seguidores por todo o mundo. Para conhecer e participar do  projeto visite https://www.4ocean.com/ 

Plástico e conscientização como matéria-prima

Reprodução Instagram

 

 

  Adote protetores solares não poluentes

Como se já não houvesse plástico demais para poluir os oceanos, substâncias químicas presentes em protetores solares também colaboram para contaminar a vida marinha e colocar em risco nossa própria saúde. Escolher um protetor solar ecológico é uma atitude que pode contribuir com a vida marinha. Fazem parte desta categoria protetores veganos, minerais e filtros solares naturais. Ainda não estão disponíveis protetores 100% biodegradáveis, mesmo assim sua escolha pode fazer a diferença. Lembre-se de conferir se os produtos são certificados pela ANVISA ou FDA. 

Surf – https://www.soulsurfplanet.com/cosmeticos-naturais 

Bioart – https://www.useorganico.com.br/protetor%20solar

Fontes de Informação: ONU, IPEA, Nacional Ocean Service

 

LEIA TAMBÉM: Por que devemos reciclar o Plástico?

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *